Introdução ao Paper Cutting

Introdução ao Paper Cutting

Este pequeno tutorial tem como objetivo dividir meus estudos e experiências com a Técnica do Paper Cutting.

 

Diferentes Técnicas do Paper Cutting

O Paper Cutting provavelmente se originou na China, os cortes de papel chineses são planos (não há dobramento do papel).

No Japão arte de corte de papel é chamado de kiri-e. Kirigami é a aplicação de kiri-e ao origami e combina o dobramento de papel com o corte do papel. Em Kirigami, os cortes são feitos em uma base dobrada, e isso geralmente produz um padrão simétrico como resultado.

O Kirigami também pode criar resultados mais complicados, incluindo a criação de uma cena ou escultura 3D a partir de uma única folha de papel.

Na Alemanha, o corte de papel é chamado de Scherenschnitte, então vale a pena buscar esse termo também.

Aprendendo a cortar papel

As dicas a seguir irão ajudá-lo a começar no mundo do corte de papel, embora para ser honesta a melhor coisa a fazer é praticar, praticar e praticar.

Segurança : Eu sei que é óbvio, mas tenha cuidado ao utilizar estiletes e tesouras e lembre-se de deslizar o estilete o mais em pé possível, em vez de empurrá-la através do papel. Certifique-se de verificar as lâminas do seu estilete com bastante freqüência de modo que sempre trabalhe com lâminas novas e bem afiadas, caso contrário, você estará puxando o papel em vez de cortar diretamente, e isso pode gerar uma grande frustração no estudo da técnica.

Eu sempre recomendo estiletes, lâminas, tesouras e bases de corte Olfa® – líder mundial em ferramentas de corte.

Ferramentas Básicas Necessárias

Esta é minha lista do que considero ferramentas básicas para iniciar no Paper Cutting. Eu elaborei esta lista com o material que eu tenho e que uso quase que diariamente, mas sinta-se à vontade para editar ou adicionar mais ferramentas de acordo com a sua necessidade.

Estilete – Esta é, de longe, a ferramenta mais importante de todas. Eu tenho os modelos AK-1/5B e o AK-5 da Olfa®. Eu também tenho uma grande quantidade de lâminas de substituição na mão. Estes estiletes são ótimos porque possuem a lâmina fixa, os estiletes com lâminas giratórias são muito difíceis de controlar. É muito mais fácil começar com uma lâmina fixa.

 

Base de corte – é tão importante quanto o próprio estilete. As bases de corte são essenciais para proporcionar uma superfície de trabalho para o corte de papel, enquanto protegem a mesa de trabalho e lâmina do seu estilete. Eu utilizo a base de Corte Multiuso da Olfa® com autoregeneração, marcações em branco (um lado em cm e outro em polegadas).

A Olfa® possui bases de corte nos tamanhos A1, A2, A3 e A4, minha recomendação é que vocês tenham a maior base de corte possível, é extremamente complicado fazer recortes grandes de papel em bases pequenas.

Tesoura – Minha tesoura é a tesoura de precisão Olfa SCS-4, e eu a utilizo principalmente para efetuar os cortes maiores.

 

Régua de Metal – Réguas de plástico são ótimas para medir e desenhar, mas se você tentar usar réguas plásticas como guia para corte com estilete você acabará danificando sua régua! Eu tenho réguas de metal de 20, 30 e 60 cm que utilizo de acordo com o tamanho do papel com o qual estou trabalhando.

Papel – Você vai precisar de papel para transferir e cortar seu desenho. Para a transferência eu sempre utilizo papel vegetal. O tipo de papel que você usa para seu corte final depende do resultado que você precisa. Um bom papel é o papel para aquarela (Mi-Teintes® | Canson), porque é fácil de cortar e tem boa sustenção. Estou testando também o papel Originale Bianco da Linha Markatto da Fedrigoni e tenho gostado muito dos resultados.

Outras Ferramentas: Lápis ou Lapiseira Boleadores Ferramentas de Quilling Pinças Varetas de Balsa redonda (para facilitar a modelagem do papel).

Esta lista é simplesmente um guia.

Você deve usar o que você se sinta confortável.

Tudo é uma questão de estilo de trabalho, orçamento e disponibilidade para que mais itens ocupem espaço em sua área de artesanato. Espero que isso ajude!

Como Cortar utilizando o estilete

Eu utilizo basicamente dois tipos de estiletes:

Estilete pequeno (Olfa® SAC-1) Serve para cortar papel e materiais mais frágeis.

O tamanho dele já propicia um corte mais detalhado, e o posicionamento do dedo permite empregar alguma força no corte. O Estilete Olfa® modelo SAC-1, utiliza lâminas de 30° que permite cortes mais detalhados.

Estilete caneta ou de precisão (Olfa® AK-1/5B, AK-4 e AK-5) A melhor ferramenta para cortar detalhes. A pega dele se dá como se você segurasse um lápis, utilizando a ponta dos dedos para manipular a ferramenta, o que o torna excelente para cortar detalhes.

Cortando…

Durante o uso, mantenha apenas o primeiro segmento da lâmina para fora, isso é importante para evitar que ela se quebre durante o uso. A maior parte das pessoas, ao tentar cortar alguma coisa com um estilete, utiliza a maior força que pode. O objetivo é cortar de uma vez a superfície e se livrar logo do trabalho.

Mas essa não é a melhor forma. Quem nunca cortou um papel e a lâmina saiu de lado, cortando o que você não queria?

O ideal é passar o estilete suavemente pela superfície, vincando o material e criando uma espécie de trilho, pelo qual a lâmina pode correr no próximo corte. Caso a lâmina se desvie ela não cortará o que você não quer, apenas arranhará, o que possibilita um acerto na próxima passagem da lâmina.

O uso de muita força/velocidade tira o controle sobre o estilete, por isso, o ideal é cortar se concentrando no controle. Devagar e suavemente. Utilizando a força necessária apenas para vincar a surperfície (obviamente, cortar plástico necessitará de mais força que cortar papel).

Utilize uma régua como guia, posicionando-a para proteger a parte mais importante do que você deseja cortar. Além disso, ao cortar linhas retas, o correto é usar uma régua de aço como guia. Não use réguas de alumínio ou plástico! É MUITO comum as pessoas se descuidarem e deixarem o dedo no caminho do estilete. Se a pessoa usar muita força/velocidade no corte, é pedir para ter o topo do dedo cortado.

ATENÇÃO: Pode parecer besteira, mas isso é bem mais comum do que você imagina. Eu já cortei o dedo assim!

 

Folhas de Exercícios

Esta é uma folha de exercícios simples para que você possa exercitar seus cortes em papel.

Nos exercícios você irá cortar linhas e curvas.

Você pode fazer várias cópias se quiser para ir se aperfeiçoamento no corte.

Basta seguir as linhas de forma suave e com a maior precisão possível com um estilete Olfa®, enquanto seu papel está em cima da base de corte Olfa®.

A forma e círculos “splat” são mais difíceis.

Lembre-se de girar o papel em vez da lâmina para seguir as linhas. A lâmina deve deslizar em direção a você em todos os momentos, então, para criar um corte circular, você precisará girar o papel suavemente enquanto você desliza a lâmina para obter um corte preciso

 

2017 – Todos os direitos reservados à Débora Vieira www.deboravieira.com

Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida por qualquer meio ou forma sem a prévia autorização de Débora Vieira.. A violação dos direitos autorais é crime estabelecido na Lei 9.610/98 e punido pelo Artigo 184 do Código Penal.

 

Deixe uma resposta